ESTÚDIOS / ENSAIOS

 

Quando primeiro entramos neste espaço, inerte há mais de 20 anos, nos deparamos com um mar de objectos, riscos, panos, moldes, marcas, etiquetas, ferros, cartas, sofás, fotos de família, loiças e uma garrafa cheia de um turvo líquido inflamável e um pano a escorrer pelo gargalo, lembrando uma lamparina ou um cocktail molotov. Todos estes elementos, empilhados, sobrepostos e aparentemente depositados às pressas sem qualquer organização pareciam deixados por alguém que logo voltaria mas acabou por nunca mais aqui pisar, apontamentos do que poderia ser a história deste lugar que viveu os seus ciclos como avalanches de lava que depositam às pressas matéria sobre a vida numa

Pompéia portuguesa composta por uma antiga fábrica têxtil e recheios domésticos.   

Entregamo-nos à fábrica e com as nossas próprias mãos, reconstruímos e criámos um espaço aberto à criação e divulgação artística para todas e todos que quisessem fazer parte desta comunidade

Actualmente dispomos de uma galeria com cerca de 100m2 e uma black-box de 36m2 (4,5m de fonte e 8m de fundo) como espaço de ensaios e apresentações, cozinha-café e 6 espaços de trabalho para artistas e produtores culturais, em 2 tipologias, sendo: – uma sala no térreo dividida em 4 áreas de cerca de 10m2 cada, – um mezanino

partilhado em duas áreas com cerca de 18m2 cada.

Todos os artistas recebem uma tomada/ficha independente com carga para muitos equipamentos e internet de fibra 5G. As áreas comuns também são disponibilizadas aos artistas residentes, assim como equipamentos de impressão e ferramentas (uma plotter, mesa de luz, berbequins, serras, outros equipamentos), cozinha, o terraço e demais áreas.

Para mais informações, preços e disponibilidades envie-nos um email para penhasco.artecoop@gmail.com

CURSOS / RESIDÊNCIAS / PROJECTOS

É nosso interesse fazer ressaltar a potência de uma arte que dê lugar a narrativas não lineares, a experiências da diferença, a saberes indeterminados. A ideia de construir situações coletivas para serem experienciadas, mais do que um acontecimento espetacularizado, tem sido uma referência para muitos artistas e pessoas: obras artísticas que ativem situações participativas e pensamentos sobre essa experiência; que possa suscitar novas percepções ao observador/participador, a partir da vivência da própria obra.

O entendimento de arte que a PENHAS CO objetiva, é uma prática expandida, mais interessada em estar aberta ao encontro, em intensificar as experiências e seus afetos e dar passagem à existência das comunidades envolvidas. É o caso, no que à música diz respeito, da série de eventos Improjam, uma actividade residente com regularidade mensal. Dirigida à comunidade de músicos improvisadores, mas abrindo o seu âmbito a performers, bailarinos, actores e artistas para os quais a metodologia da improvisação é uma ferramenta criativa, esta iniciativa ganhou uma especial relevância. O facto de juntar criadores e ser um espaço de partilha colectiva e com entrecruzamento de linguagens artísticas, tornou-se num momento representativo, sendo atrativo para vários artistas, que vão tendo oportunidade de assimilar procedimentos que lhes permitem desenvolver o seu próprio trabalho.

Neste enquadramento, a PENHA SCO desenvolve alguns programas de cursos e projetos educacionais assim como acolhe propostas de terceiros que completam e dialogam com os temas e atividades vigentes, todas integradas nos nossos ciclos e divulgadas em nossas plataformas.

Algumas atividades contínuas e parceiras da PENHA SCO são:

cONTACTE-NOS

Rua Neves Ferreira, 10A, Penha de França – C.P. 1170-274 / Lisboa / Portugal

© todas as imagens são de autoria de Francisca Veiga

Português